Finalmente Barcelona

maio 12, 2008

Infelizmente, estamos chegando ao final de nossa incrível viagem pela Espanha.

Chegamos a Barcelona no domingo e encontramos a Rambla repleta de turistas. Tenho a sensaçao de que circulam mais turistas pela Rambla em um único dia do que durante todo um mês pelas ruas do Rio de Janeiro. É um formigueiro incrível. Mas mais incrível ainda é o que as pessoas fazem para ganhar a vida por aqui. Tem gente fantasiada de tudo e de qualquer coisa. Vampiros, fadas, príncipes, índios, flores, frutos, robô feito de garrafas pet, enfim, a criatividade é ilimitada.

Ao sair de Andorra, subimos os Pirineus Catalaes, a uma temperatura amena, de mais ou menos três graus. Ficamos o tempo de um delicioso almoço, a 1.800 metros de altitude, no Paso de La Collada de Toses. Comemos um bacalao muito interessante. Aliás, nos intriga como o bacalhau por aqui é macio. Todos dizem que é o mesmo bacalhau que conhecemos, dessalado. Vou comprar um livro de receitas para aprender como se faz, porque é uma delícia.

Chovia muito na descida dos Pirineus. Parece que é a primeira grande chuva na Catalunha nos últimos dois anos. Chegamos a ver reportagens na TV sobre a seca e a sujeira das ruas de Barcelona, por falta de chuva.

Como nao tínhamos hotel em Barcelona, passamos dois dias na cidade de Girona. Uma cidadezinha medieval, 100 quilômetros ao Norte de Barcelona. Foi uma linda experiência. A cidade estava toda decorada com flores, numa iniciativa dos comerciantes locais com a Prefeitura. Havia mais de 50 monumentos e residências particulares do “casco viello” decoradas com arranjos florais, nos mais variados estilos. Fiz muitas fotos, que publicarei quando puder.

Hoje é feriado em Barcelona. A cidade continua cheia e movimentada. Fomos à igreja da Sagrada Família e subimos ao Mont Juic, de teleférico. Uma loucura aquela igreja em obras. Alguns amigos já tinham comentado como é impressionante que ela esteja sendo construída e visitada ao mesmo tempo. Mas eu nao imaginava aquilo tudo. Acho que ainda vai demorar uns 50 anos para ficar pronta. Será que isso acontece em meu tempo de vida? Tomara. É muito emocionante.

Aliás, pensando na velhice e no tempo de vida, acabo de cruzar com um turista na Rambla com um enorme cartaz, em três línguas, dizendo: a velhice é uma merda. E todo mundo ainda acha que somos inúteis. Não posso deixar de pensar que a outra opção é muito pior.

Passeamos também pela Rambla de Mar. Mais uma vez, a água limpa e cristalina nos chama a atenção. O aproveitamento do porto e a preparação do espaço para uso do público nos fez, mais uma vez, pensar na triste Praça XV e no lixo que bóia na baía de Guanabara.

Vejam só a cara do Fred sonhando, diante daquele mar limpo, cheio de robalos, chernes, bacalhaus, sardinhas, linguados, calamares, lulas, polvos, camarões, vieiras…

Anúncios

Uma resposta to “Finalmente Barcelona”

  1. Marcus Veras Says:

    Ai, Girona… precisamos nos encontrar para trocar fotos…
    Foi em Girona onde ganhei meu primeiro – e único – prêmio internacional de vídeo, com o curta experimental “Las Minas de Potosí”…
    Ai, Barcelona… idem…
    Da próxima vez, não deixem de ir a Tarragona, onde há um incrível circo romano na beira do mar…
    bjs saudosos,
    Marcus Veras


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: